30 anos de Pollock

Quando o telefone de Jerry Helling, presidente da Bernhardt Design, tocou em novembro de 2010, o executivo comemorou o fim de sua busca por um mestre do design. Por um ano ele ficara no rastro de 30 homônimos na lista telefônica, até encontrar, em Nova York, o verdadeiro Charles Pollock.

Todo esse esforço foi responsável por fazer o autor de uma das cadeiras de escritório mais desejadas pelos connoisseurs do design, a histórica Pollock Executive, de 1965, quebrar um hiato de 30 anos para voltar à ativa. O último lançamento de Charles Pollock datava do longínquo ano de 1982, quando ele desenhou a cadeira Penelope, para em seguida se afastar do design em nome de duas outras paixões: a pintura e a escultura.

Com base de aço inoxidável polido, a CP Lounge é feita de couro, camurça ou feltro e tem uma costura especial no encosto, com painéis acolchoados feitos à mão. A estética ergonômica, que remete ao conforto de sua famosa predecessora, surgiu a partir da tinta no papel. O americano de 82 anos dispensou o computador e projetou a peça com desenhos em tamanho natural.

A intenção era apontar a Helling todos os detalhes do acabamento que dão personalidade à poltrona. O desenho da CP Lounge recupera a importância de Pollock para o design industrial americano, colocando mais próximo de gente como o casal Eames, George Nelson e outros projetistas do século 20.

Image

 

Image

 

Image

Fonte: Revista Casa Vogue

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s